Nova geração de turistas chineses viaja mais e gasta mais

São Paulo, 18 de julho de 2017 – O sexto relatório anual do Chinese International Travel Monitor (CITM), elaborado pela Hoteis.com ™, revelou que os viajantes chineses gastam 28% de seus rendimentos, em média, em viagens internacionais. Porém, os que mais gastam são os nascidos nas décadas de 80 e 90, que destinam 35% para viagens.

O surgimento da chamada “more generation”, ou “geração mais” chinesa (em tradução livre para o português) identificada no relatório engloba viajantes chineses de todas as faixas etárias que viajam com mais frequência e por mais tempo, com o número de viagens e o número de dias por viagem aumentando no ano passado de 3 para 4 e de 5 para 7 dias, respectivamente. Os viajantes chineses também visitam várias cidades por viagem e mais de 80% disseram que não ficariam em uma única cidade.

Essa “geração mais” proporciona grandes benefícios para as economias globais. A China, por exemplo, recebeu 122 milhões de turistas internacionais em 2016 – 4% a mais do que em 2015 e um aumento de 74% em relação a 2011.

Apesar de indicadores fornecerem sinais de uma desaceleração na economia chinesa, o CITM desse ano aponta que os gastos com viagens aumentaram em todas as faixas etárias. Os chineses gastaram em média US$ 3.600 por viagem nos últimos 12 meses – mais de um quarto de sua renda – o que corresponde a um aumento de 4% em relação ao ano anterior.

Os viajantes chineses declararam a intenção de gastar 10% a mais em suas viagens nos próximos 12 meses. Além disso, dois terços dos millennials disseram que esperam gastar mais esse ano.

O valor médio gasto por dia também aumentou – 8% a mais do que em 2015 – com restaurantes, passeios e atividades de descanso e relaxamento que se mostram mais populares. Curiosamente, os gastos com  compras cresceram 35% em relação ao ano passado, indicando uma crescente sofisticação nas preferências de destinos procurados pelos chineses.

Já no Brasil, o que mais atrai os turistas são as praias. 32% dos chineses procuram conhecer as praias brasileiras, um númerosigfnificativo. Em outros locais do mundo, apenas 17% dos chineses querem conhecer atrações litorâneas. Além disso, o Brasil é um país bastante adepto à organização de grupos, pacotes de viagens e excursões, modelo que agrada os chineses. 23% dos turistas conhecem o país dessa forma, contra a média global de 17% em outros destinos.

Embora a Ásia ainda seja o destino mais popular (82% visitaram nos últimos 12 meses), o relatório do CITM identificou que as viagens de longo curso para a Europa e a América aumentaram em popularidade. O número de viajantes chineses que visitaram esses destinos nos últimos 12 meses aumentou 25% (Europa) e 11% (América) em relação ao ano anterior. Esses destinos foram particularmente populares entre os viajantes dos anos 80, com 42% visitando a Europa e 29% visitando a América no último ano.

Os viajantes chineses demostram para os próximos 12 meses um desejo de viajar ainda para mais longe do que antes – França, Estados Unidos  Canadá e  Alemanha, em comparação com seus rankings em 2016.

Apesar de não estar listado entre os dez destinos mais populares, a América Latina se destacou como uma região atraente. Pesquisas mostram que os viajantes chineses que escolhem a região tendem a gastar mais. Além de serem viajantes frequentes, com uma média de nove viagens por ano, em comparação com uma média de quatro no geral, eles gastam mais US$ 5.600 por viagem contra US$ 3.600 em outros locais do mundo.

 

Destinos mais procurados por viajantes chineses para os próximos 12 meses, de acordo com o CITM:

Ranking Destino Percentual de viajantes chineses Ranking 2016
1 França 18% 9
1 EUA 18% 12
3 Austrália 16% 1
4 Canadá 16% 17
5 Alemanha 12% 17
6 Maldivas 11% 5
7 Japão 10% 2
7 Nova Zelândia 10% 12
7 Singapura 10% 6
7 Tailândia 10% 6
7 UK 10% 17
Brasil 36

 

Embora ainda tenha uma taxa de ocupação razoavelmente baixa de visitantes chineses, a América Latina apresentou um forte crescimento nos últimos 12 meses: 21%..

Abhiram Chowdhry, vice-presidente e managing director para Ásia-Pacífico e América Latina da Hotels.com, afirma que o potencial de crescimento no número de viajantes chineses e seu poder de gastos é enorme. “Nossa pesquisa identificou que o turismo chinês oferece grandes benefícios econômicos para muitos países no mundo todo. Consequentemente, é vital que os hotéis atendam às expectativas desse público e desenvolvam serviços inovadores”, diz Chowdhry.

O relatório identificou ainda que os hotéis têm investido nas redes sociais e em programas de marketing para atrair turistas chineses e, como resultado do aumento de gastos em marketing, os hotéis afirmam que o investimento em serviços para hóspedes chineses diminuiu, com apenas 4% gastando mais do que US$ 10.000 em comparação com 12% no ano passado.

O relatório identificou lacunas nos serviços oferecidos pelos hotéis comparadas com o que os hóspedes chineses esperam:

  • Facilidades chinesas de pagamento em hotéis, como o Union Pay, ocupam o segundo lugar pelos consumidores, mas apenas 18% dos hotéis atualmente oferecem essas instalações. Na verdade, apenas 18% pretendem oferecer esse benefício nos próximos 12 meses;
  • Hotéis com equipe fluente em mandarim ficaram em primeiro lugar segundo os viajantes, mas permaneceram baixos na lista para os hoteleiros, com apenas 17% atualmente oferecendo o serviço e 17% planejando nos próximos 12 meses;
  • Os restaurantes chineses locais ficaram em quinto lugar na preferência dos viajantes, no entanto, apenas 7% da rede hoteleira atualmente oferece esse serviço. Apenas 13% pensam em oferecer esse benefício nos próximos 12 meses;
  • Guias de viagem traduzidos ficaram em quarta posição, mas não são prioridade para a rede hoteleira – 18% dos hotéis atualmente oferecem esse benefício e apenas 21% planejam investir nisso no futuro.

A pesquisa reúne dados de mais de três milviajantes internacionais chineses e quase quatro mil acomodações de parceiros globais da Hoteis.com com os próprios dados da Hoteis.com e outras pesquisas de terceiros.

 

– FIM –

 Notas do editor:

 Para mais informações e cópia do relatório, por favor contatar:

 JeffreyGroup Brasil

Hoteis.com@jeffreygroup.com

11 3185-0800

 Ou visite: www.citmhotels.com

 

Sobre a pesquisa

O Chinese International Travel Monitor (CITM) da Hoteis.com analisa pesquisas realizadas diretamente com viajantes internacionais chineses e hoteleiros em todo o mundo, combinados com os dados proprietários da Hoteis.com e outras pesquisas.

Para a pesquisa de viajantes, a Hoteis.com usou a Ipsos, líder mundial em pesquisas de mercado, que em abril e maio de 2017 realizaram entrevistas com 3.000 residentes chineses, com idade entre 18-57 anos, que viajaram para o exterior no último ano. Foi utilizada uma tecnologia de entrevista na Web assistida por computador. A amostra representativa consistiu em homens e mulheres de todas as classes sociais em diferentes cidades.

Os viajantes foram perguntados sobre seu comportamento em viagens, métodos de reserva, opções de alojamento e muitos outros aspectos de sua viagem.

Para complementar, a Hoteis.com realizou uma pesquisa global com mais de 3.800 hotéis parceiros da Hoteis.com, também durante maio de 2017. Os 38 países participantes foram Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, Colômbia, Croácia, República Tcheca, Dinamarca, Finlândia França, Grécia, Hong Kong, Hungria, Índia, Indonésia, Irlanda, Itália, Japão, Malásia, México, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Polônia, Portugal, Rússia, Cingapura, Coréia do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Taiwan, Tailândia, Turquia, Reino Unido, EUA e Vietnã.

 

Sobre a Hoteis.com

A Hoteis.com L.P. opera a Hoteis.com, um site líder em reservas de hospedagem online, com propriedades que variam de cadeias internacionais e resorts com tudo incluso para queridinhos locais e bed & breakfast, juntamente com todas as informações necessárias para reservar a estadia perfeita. Os clientes obtêm economias instantâneas com o ‘Secret Prices’ através do nosso aplicativo de reserva móvel e os membros ‘Rewards’ do site podem ganhar e resgatar noites grátis* em milhares de propriedades em todo o mundo. A Hoteis.com Mobile Concierge no iPhone é como ter um especialista local na palma da sua mão, oferecendo acesso rápido a serviços como transporte, entrega de comida sob demanda, reservas de restaurantes e atividades.

* noite grátis não inclui taxas adicionais

© 2017 Hotels.com, LP.  All rights reserved.  Hotels.com and the Hotels.com logo are trademarks of Hotels.com, LP.